Conheça estas 20 Incríveis e Pioneiras Campanhas de Mídia Social

As 20 melhores campanhas de mídia social de todos os tempos

525 350 Ricardo de Paula

Um artigo publicado na forbes.com reuniu especialistas para eleger as 20 melhores campanhas de mídias sociais de todos os tempos.

A lista inclui campanhas como a do Bing em parceria com o jogo Farmville e esforços de pequeno orçamento como o da série de vídeos da Blendtec no Youtube que fez as vendas da empresa aumentarem em 700%.

A lista:

1. “The Blair Witch Project”

Esta é considerada a melhor campanha de mídia social de todos os tempos e um dos primeiros esforços de marketing viral. Os profissionais por trás deste filme de terror foram capazes de gerar um alvoroço gigantesco para um filme com um orçamento minúsculo usando sites e fóruns para atiçar o interesse do público nos meses antes do lançamento, no verão de 1999. A história dos produtores desse documentários sobre jovens perdidos na floresta era verdadeira ou falsa? Recortes falsos de jornais sobre o desaparecimento dos personagens principais do filme e fotos policiais de seu carro abandonado foram postadas por toda internet. O filme fez mais de $ 29 milhões na sua primeira semana. Até hoje a produção gerou aproximadamente US $ 249 milhões.

2. Blendtec: Will it Blend?

Os vídeos da Blendtec mostram um acessório de cozinha destruindo quase tudo, desde uma bola de beisebol até um iPhone. De acordo com Jeff Robe, diretor de marketing da marca, os vídeos têm feito mais do que aumentar a consciência sobre os liquidificadores Blendtec. As vendas aumentaram 700% desde novembro de 2006.

3. Old Spice “Smell Like a Man, Man.”

Porta-voz da Old Spice Isaías Mustafa era popular em comerciais de TV, mas o que realmente determinou o sucesso desta campanha foi o elemento interativo com Mustafa respondendo várias questões colocadas pelos fãs no Twitter e em outras mídias sociais.

4. Burger King: “Subservient Chicken”

A campanha Subservient Chicken (Galinha Submissa), criada pela agência americana Crispin Porter + Bogusky para a rede de fast food Burger King, é o melhor exemplo de uma estratégia de propaganda chamada de marketing viral. O conceito é simples: difundir campanhas pela internet e fazer com que os próprios usuários se encarreguem de propagá-las, enviando para parentes e amigos. A campanha consistia em um site, http://www.subservientchicken.com/, onde uma pessoa fantasiada de galinha fazia movimentos determinados pelo visitante. A situação não poderia ser mais bizarra: um sujeito vestido de galinha em uma sala, olhando para uma webcam. Embaixo da imagem, um espaço onde o internauta digitava tarefas que a galinha deveria cumprir. O site recebeu 15 milhões de acessos nos primeiros cinco dias.

5. Pepsi Refresh

A Pepsi estava procurando por idéias que poderiam refrescar o mundo. Todos os meses de campanha foram distribuídos 1,3 milhão de dólares para financiar a implementação de iniciativas em diversas áreas como alimentação, artes, cultura, educação e saúde. Os fundos foram destinados para grandes e pequenos projetos, variando de US$ 5.000 até US$ 250.000. A ação, que misturava marketing de mídia social e filantropia, foi realizada através do site www.refresheverything.com.

6. VW: “Fun Theory”

Essa campanha foi executada pela Volkswagen na Suécia. Através de algumas ações em cenários urbanos e movimentados, a marca levou a idéia de que a diversão e a felicidade são os caminhos mais fáceis para gerar mudanças na vida de uma pessoa. A campanha tinha como objetivo provar que é possível melhorar o nosso comportamento e mudar a nossa mentalidade, se adicionarmos um toque de “diversão” aos objetos ao nosso redor. Foi a ganhadora do Cyber Grand Prix Lion 2010 em Cannes.

7. OfficeMax: “Elf Yourself”

Lançado em época de natal, o “Elf Yourself” da OfficeMax, era um site onde os usuários podiam inserir em elfos dançantes fotos com seus próprios rostos ou dos amigos. Essa foi uma das maiores campanhas on-line e um dos maiores virais da história até então. Aproximadamente 26,4 milhões de pessoas visitaram o site onde foram criados cerca de 123 milhões de elfos em 5 semanas.

8. Evian: “Roller Babies”

O Guinness Book dizia em 2010 que este megahit do YouTube que apresenta vários bebês andando de patins, anunciando uma nova linha de produtos da marca Evian, é a publicidade on-line mais vista da história, recebendo mais de 54.000 comentários e tweets até a data deste post, bem como mais de 60 milhões de visualizações.

9. Ikea: “Facebook Showroom”

Para promover a abertura de uma nova loja em Malmo, 12 imagens de showroom’s da IKEA foram adicionadas em um álbum de fotos no Facebook. A primeira pessoa a taguear um produto em seu nome, ganhava. Precisa dizer que viralizou?.  A ação foi premiada com o Gold Cyber Lion em Cannes 2010.

10. Hotmail

Esta campanha, que começou em 1996, tem como destaque a técnica revolucionária de publicar anúncios vinculados às conversas nos emails. Merece seu lugar neste lista.

11. Whopper Sacrifice

Esta campanha do Burger King não tinha medo de fazer a difícil pergunta: O que você mais ama, seus amigos ou o Whopper? Foram veículados banners convidando os usuários a “sacrificar seus amigos e ganhar um Whopper gratuitamente.” No link do aplicativo no Facebook, o usuário deveria permitir que os dados fossem fornecidos para o app, e para ganhar o hambúrguer, ele deveria selecionar 10 usuários amigos do Facebook e eliminá-los de sua lista. O Aplicativo acabou com mais de 234.00 “amizades”.

12. Target: “Bullseye Gives”

Esta campanha de mídia social dava poder aos seus fãs no Facebook colocando $ 3 milhões em suas mãos. Durante duas semanas usuários da rede social votaram entre as 10 instituições de caridade selecionadas para receber a maior parte do dinheiro. O Infantil St. Jude’s Hospital recebeu 26,6% dos votos, assim a Target doou $ 797.123 para a instituição. O esforço atraiu 291.399 votos de 167.000 fãs. Esse não é um número impressionante, mas ajudou a aumentar a sensibilização para os seus esforços de caridade e certamente ajudou a construir a imagem da marca na web.

13.Vitaminwater

A Vitamin Water usou o Facebook para criar uma nova bebida. Através de um app chamado “Flavor creator” deu-se início uma competição onde os consumidores tinham a missão de definir como seria o novo drink. Os usuários podiam definir o sabor (de uma lista de 10 sabores desenvolvidos pela empresa), fazer o design da embalagem e inventar um nome para a nova bebida. A vencedora, Sarah, de Illinois que ganhou US $ 5.000, e deu um nome muito apropriado para o novo drink – “Connect”.

14. Smirnoff: “Tea Par-tay”

A Smirnoff resolveu criar um vídeo para zoar com os clips de rap, seu nome era “Tea Party” (Festa do Chá). Um jovem branco e engomadinho imitava um cantor de rap, falando sobre seu modo de vida abastado. O vídeo, que direcionava os espectadores para o site da bebida, foi complementado com outdoors e inserções em rádios.

15. “The Dark Knight:” Why So Serious?

A Warner Bros e a 42 Entertainment criaram um jogo de realidade aumentada no qual conseguiram fazer com que um filme que já era esperado por muitos, se tornasse um evento. Os jogadores saíram às ruas vestidos como o Coringa e fizeram campanha para eleger uma novo prefeito para Gotham City. Mais de 10 milhões de pessoas em 75 países diferentes participaram e o filme se tornou a maior bilheteria de 2008.

16.Quiksilver: “Dynamite Surfing”

Um vídeo de 2007 da marca de surf Quiksilver mostra surfistas pegando ondas que eram formadas através de explosões em um lago totalmente flat. O vídeo encenado consistia de material montado para fazer parecer autêntico. Foi visto 35 milhão de vezes. O material viral desenvolveu uma espécie de culto subsequente, levando o programa “Mythbusters” do Discovery Channel a investigar a legitimidade do acontecimento. Esse é um belo exemplo de como o buzz online pode gerar marketing espontâneo.

17. Cadbury: Gorilla

Este vídeo de 90 segundos, criado em 2007, dispõe de um gorila e uma bateria pra vender chocolate. As vendas de Cadbury Schweppes saltaram 7% entre 2007 e 2008. O vídeo realmente é sensacional.

18. BMW: “1 Series Graffiti Contest”

Em 2008, a montadora alemã BMW criou um concurso de graffiti onde os participantes respondiam a pergunta “O que motiva você?” Os participantes apresentaram cerca de 9.000 desenhos, que receberam cerca de 500.000 votos.

19. Bing/Farmville

A Microsoft promoveu uma ação muito original e bem recebida pelos usuários. A empresa colocou um anúncio no FarmVille, jogo mais popular do Facebook, com mais de 80 milhões de jogadores ativos na época, prometendo dar Farm Cash, o “dinheirinho” virtual comprado com dinheiro de verdade, àqueles que se tornassem fãs do buscador na rede social. Um porta-voz da Microsoft disse que os resultados mostraram o sucesso da campanha, o Bing adquiriu 425 mil novos fãs, um salto de 360% em menos de um dia.

20. CareerBuilder: Monk-e-Mail

Esta promoção muito popular, criada em 2006, permitia os utilizadores enviarem e-cards personalizados para todo o tipo de ocasião. De acordo com a Oddcast, uma empresa de marketing viral, mais de 100 milhões de Monk e-mails foram enviados desde que a campanha foi lançada.

fontes consultadas – cerebrocriativo/ypsilon2/Bloguerreiros/brainstorm9/comunicadores/judao/midiatico/winajuda

imagem

    Ricardo de Paula

    Empreendedor, analista e pesquisador. Pioneiro em aplicações empresariais envolvendo mídias sociais. Fundador do midiassociais.net.

    Todas as histórias por: Ricardo de Paula
    11 comentários

    Deixe uma resposta

    O seu email não será publicado.